domingo, 13 de dezembro de 2009

Conclusão - Civilização Egípcia



Máscara Funerária de Tutankamon no Museu Egípcio do Cairo.

As origens da antiga civilização egípcia não podem ser definidas com precisão. A descrição de seu desenvolvimento se baseia nas descobertas arqueológicas de ruínas, tumbas, monumentos e os hieróglifos que proporcionaram importantes dados.
Esta civilização é umas das mais importantes da História Antiga, mas nenhuma outra é tão misteriosa quanto. Como patrimônio para a Humanidade, eles nos deixaram a sua principal arte desenvolvida na arquitetura. Inspirados na própria religiosidade, ergueram belos e grandes templos, como os templos de Karnac, Luxor e Abu-Simbel, e as gigantescas pirâmides como as de Quéops, Quéfren e Miquerinos. No campo das ciências os egípcios desenvolveram principalmente a aritmética, a astronomia e a medicina. A ciência procurava resolver problemas práticos, como controle das inundações, construção do sistema hidráulico, preparação da terra, combate as doenças, etc. Preocupados com os fenômenos da natureza, os egípcios ao desenvolver a astronomia, criaram um calendário baseado no movimento do sol. Por esse calendário, o ano era dividido em 12 meses de 30 dias e mais 5 dias de festas, que eram adicionados no final para completar os 365 dias anuais.
Nas postagens anteriores vimos que a cultura egípcia era impregnada de religiosidade e a versão oficial da história egípcia era de caráter religioso. Em períodos mais recentes, até a própria economia se organizava à volta dos templos - o que não significa, necessariamente, que se tivesse tornado mais religiosa, já que os templos não eram, possivelmente, muito diferentes de outros senhorios. O que é claro é que o padrão de secularização, que temos tendência a tomar por certo no desenvolvimento das sociedades, não estava presente. A instituição central da monarquia acabou por perder o seu carisma, mas noutros aspectos tornou-se, de forma nítida, em vários aspectos: o oficial, de que sabemos bastante, a esfera funerária, que está também bem representada, e as práticas cotidianas da maioria da população, separadas, em larga medida, do culto oficial e mal conhecidas.
Os Egípcios acreditaram numa vida para além da morte. Em princípio esta vida estava apenas acessível ao rei, mas após o Primeiro Período Intermediário esta concepção alargou-se a toda a população. Para aceder a esta vida era essencial que o corpo do defunto fosse preservado, razão pela qual se praticou a mumificação.
Segundo crenças egípcias, para se conseguir a vida eterna, o morto deveria mostrar que não tinha pecados. Então, seu coração era colocado numa balança, tendo de se equilibrar com a "pena da verdade". Caso tivesse sucesso, o morto seria julgado puro. Caso não, seria levado à destruição eterna.

13 comentários:

REGINA GOULART SANTOS disse...

Olá, Ana. Sabe, sou aficcionada em tudo relacionado a Civilização Egípcia. Muitos mistérios circundam a construção das pirâmides bem como, todo o ritual de mumificação.
Sua leitura é cheia de suspense, e prende nossa atenção. Muito conteúdo, lindas ilustrações...um belo canal para quem gosta de história, de fenômenos, e acredita sobretudo, na existência de outras vidas.
Estarei sempre por aqui, preenchendo as lacuna do saber.
Obrigada pelo post, e comentário nas "entrelinhas".
Beijos

Jorge disse...

Bom dia Ana!!!

Tudo bem com você?
Fico feliz pelo teu retorno!
E ainda mais nos brindando com mais informação sobre a civilização egipcia.
Por mais que se estude esta incrível civilização, mais se torna interrogativa. Talvez por isso nos fascine tanto.

Minha amiga,
obrigado pelo seu retorno e tenha uma semana de muita alegria e realizações!!

Com muito carinho e saudade,
Jorge

Unknown man disse...

Ana, minha amiga!

Parabéns pelo retorno. Você faz muita falta aqui.

Este é o fim das postagens sobre os egipcios?
Tenho gostado tanto das informações!

Ana, tenha uma semana repleto de alegria!!

Com muito carinho,
Uman

Norma Villares disse...

Caminheiro(a) Evolutivo(a)
Uma pessoa sábia encontra seu verdadeiro lugar no mundo, e vive de acordo com o que o destino lhe reserva. Sua força interior alimenta suas ações e todas as pessoas beneficiam com suas ações.
A chama espiritual do ser humano espiritualmente espalha-se além de suas ações no mundo. Aquilo que é invisível e não possui substância física, não tem significação se não influenciar o aprimoramento das ações do homem e de outras pessoas. O sucesso vem para os humildes de alma e coração, que oferecem seus sacrifícios para maior benefício de outras pessoas no mundo.
Que a força e a luz do Cristo que tudo permeia no Universo, posso envolver você e sua família neste Natal. E que esta energia perdure por ano de 2010.
Feliz natal!
Ano Novo de muitas realizações
São os votos sinceros
Sublimes abraços.

bonequinhoda bic disse...

Bonito e instrutivo o seu Blog.Gostei de visitar!

Unknown man disse...

Ana,

Desejo a você um Natal com todo coração aberto para que sua paz e alegria se espalhe a todos os seus e que 2010, siga construindo teu caminho com aquela alegria e doçura fazendo do mundo, um mundo cada vez melhor.
Saudades, minha amiga!!!

Com muito carinho,
Uman

Uman disse...

Ana
Espero que tudo esteja bem com você.
Como você não aparce, fico preocupado. Mas creio que estás bem!!
Aparece, qundo puder....e o mais rápido possível.

Um beijo, de coração e saudade,
Jorge

Carlos Bayma disse...

Convido-a a participar do Blog SOL – Saúde On Line
http://saudeonline-cb.blogspot.com/
Carlos Bayma

Sarah El Khouri disse...

Sou apaaaixonada pelos mistérios e sabedoria do Egito antigo. Amo ler sobre o que eles acreditavam, sobre sua medicina,sobre sua cultura e sou muito atraida pela misteriosa Esfinge. Por isso, é obvio, gostei da postagem sua.
Abraço. Até a proxima

Vida*** disse...

Tdo o mistério que nos envolve a civilização Egìpcia. Fascina em tda a sua história sobre Mumificação...Pirâmides...Faraós.Enigmas a serem desvendados até os dias atuais. Abços.Parabéns,pelo post.

JR disse...

Ana ,realmente nada acontece por acaso.
Estava navegando nos amigos que fazem parte da nossa caravana de luz e ti achei novamente e a saudade bateu e para matar ela ,corri para a tua casa .
E olha só o que achei, o Egito querido e pra completar a alguns dias atras eu tive um sonho muito estranho comigo e um amigo no Egito ,enfrentando uma situação muito triste.
Não entendi meu sonho e agora acho que foi minha alma que visitou tua casa e agora tocou no corpo fisico para vir me atualizar um pouco mais.
Obrigada então amiga por ter deixado a chave do teu lar na nossa casa.
Beijos no coração

Maria José disse...

Olá Ana. Já conhecia o seu blog, e gosto muito desse espaço. Estou vendo que muitos dos seus seguidores são conhecidos meus. Mas vim até aqui hoje através de Roy Lacerda, meu companheiro e amor. Li alguns posts hoje e fiquei encantada com o estilo do blog. Por isso, apesar de ser a primeira vez que me apresento, tem selinho para você no Arca. Chama-se Selo Blog Pop e está em Mimos 2011. Esse selo é conferido aos blogs de popularidade, aqueles que atingiram a aceitação do público. O selo foi criado com a intenção de promover o reconhecimento por um trabalho que agrega valor à Web. E o Arca escolheu seu blog para ser homenageado, por sua contribuição na web. Parabéns!

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

Olá ANINHA, pelo visto ganhou mais uma leitora, ne? Refiro-me a minha mulher(Maria José). Continue com o brilhante trabalho do blog. Lembranças ao respectivo e ao filháo. Abrçs. Roy Lacerda.